13 fevereiro, 2017

Resenha Seriados #20: Vikings – Primeira Temporada



  Oi gente tudo bom com vocês? No meio da idade medieval aonde reinos católicos vinham se formando com toda a sua gloria e riquezas, os vikings ou o povo do reino do norte, os Nordicos. Vivendo com crenças diferentes e expedições em busca de terras e riquezas.  Sempre indo para o leste em quase todas elas, um deles, chamado Ragnar resolveu em segredo e por de baixo das ordens do lorde desbravar os caminhos para oeste.  Segundo boatos a oeste ah riquezas e novas terras nunca descobertas pelo seu povo, sendo assim ele e seus homens vão à busca do novo mundo para oeste. Vem comigo saber mais.


  No meio da era medieval, os nórdicos se destacavam pela sua crença, agressividade e expedições em busca riquezas e novas terras. Após a cerimonia de iniciação de algumas crianças, é dado inicio as reuniões o Lorde anuncia a expedição de verão e mais uma vez para leste, mas um dos fazendeiros reivindica e pergunta “porque não irmos para oeste?”. Claramente o comandante fica enfurecido por ser contrariado e não aceita a sugestão.


                                  Resultado de imagem para VIKINGS

  Reunindo os homens, Ragnar, o tal fazendeiro buscou formas de construir seu próprio barco e tomar rumo para o oeste, seguindo os boatos de lá ter riquezas e terras a serem desbravadas pelo seu povo. Há primeira descoberta foi a um mosteiro, que ate então não precisava de segurança por nunca ter sido atacado. Lá encontraram objetos em ouro e pedras, além de raptarem alguns monges para serem seus escravos.



Resultado de imagem para VIKINGS

  Sendo essa uma das primeiras expedições do grupo outras estavam por vir, conquistando aos poucos os reinos da Inglaterra, metendo medo nos reis e chamados de bárbaros por eles, aos poucos começaram a obter interesses que intermedeiam algumas conversas entrem os povos.

                                      Resultado de imagem para VIKINGS
                                   
  Ao retornar de mais uma missão Ragnar acaba parando na assembleia por alguns acontecimentos mal sucedidos na missão, após um prévio julgamento, ele acaba recebendo sua absolvição.



  Athelstan, o padre raptado descobre um pouco mais da cultura Viking, incluindo o conto de Ragnarok. Com mais expedições sangrentas e mais reinos a serem desbravados.  Ragna começa a tirar frutos de suas descobertas e ambições, após tomar o posto de Lorde muitas coisas estão por vir. Espero que tenham gostado da resenha e até as próximas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.