21 novembro, 2016

Resenha Filmes #22: Orgulho e Preconceito



   Oi gente tudo bom com vocês? A resenha de hoje iremos falar sobre a família Bennet, composta por cinco filhas de um proprietário rural da cidade de Meryton em Herdfordshire. Elizabeth uma das cinco era a que mais se destacava por não querer ser uma simples mulher casa como era o desejo de suas irmãs. Passando então com o apoio de seu pai a ler e se aventurar por outros ensinamentos, onde desenvolveu um algo poder em su discurso. Com a chegada de dois senhores ricos vindos de Londres, a família se prepara para ter pelo menos duas filhas casadas. Para a alegria deles uma delas Jane se interessa de primeira. Mas a dificuldade se encontra em Elizabeth, está será a pedra no sapato do Sr Darcy. Que precisará de muita paciência persuasão para conquistar tão moça. Vem comigo saber mais.



   Na cidade de Meryton localizado em Herdfordshire vivia uma família composta por cinco filhas,os Bennet. As meninas desde pequenas foram ensinadas a serem futuras boas esposas, mas este aprendizado não era interessante para a Elizabeth, tendo o apoio de seu pai ela procurou por ler e se aprofundar em outros ensinamentos.



   Em um momento seguinte quando o Charles Bingley compra uma casa nas localidades e vem acompanhado de sua irmã Caroline e seu amigo Sr Darcy. A família já se programa previamente para apresentar suas meninas no baile.


                       Resultado de imagem para orgulho e preconceito


   Em uma animação caraterística de festas pequenas e simples os Bingley e Darcy chegam um pouco tímidos, mas ao conhecerem os Bennet, Charles se encanta de cara com Jane, a mais velha, ao dançarem e terem um bom momento juntos ficam encantados um pelo outro. Já Elizabeth acha Darcy meio arrogante de mais.


                    Imagem relacionada

  Os pré casais se vem em mais algumas viagens e ocasiões isoladas, mas alguns erros do destino os separam e os aproximam. Erros causados as vezes pelos desperto de se ter a pessoa certa o mais próximo possível, neste ponto Darcy é o causador de algumas lágrimas derramadas.



  Tentando ao máximo se esforçar de sua maneira para ter o amor de Elizabeth em um tempo onde cansamentos arranjados eram constantes e o amor algo raro, ele se mostra disposto a mudar por ela e refazer boa parte dos erros que causou a si e aos outros próximos a ele.

                               Resultado de imagem para orgulho e preconceito


   Ao se mostra uma pessoa totalmente diferente do que sua casca apresentava consegue finalmente despertar uma surpresa na pessoa de seu interesse, Elizabeth, está que pouco se interessava por um homem arrogante é orgulhoso que conhecia a pouco.
                                                                                          

  O amor neste filme é algo raro no meio de uma certa independência por parte de Elizabeth. Mas para se conquistar alguém que pouco tinha interesse em se casar. Contrariando um pouco a si e sua família para lutar por uma mulher à frente de seu tempo. Será mesmo ele capaz?




Capaz ou não, só saberão se assistirem ao filme. Desde já espero que tenham gostado da resenha e deixem seu comentário abaixo. Até próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.