22 agosto, 2016

Resenha Filmes #18: Vitórias de Uma Vida






Oi gente tudo bom com vocês? As Olimpíadas chegaram ao fim, mas vamos falar sobre uma ginasta norte americana que fez história no cenário olímpico. Ela teve garra, persistência e perseverança. Conseguiu ser a primeira atleta negra a participar de uma olimpíada sendo campeã das categorias individual e de grupo. Estamos falando de Gabby Douglas, vem saber mais da história dela comigo.


Gabrielle Douglas era uma dentre os três filhos de Natalie Hawkins, ao nascer passou por maus bocados por conta de uma doença grave, os três primeiros meses foram difíceis e após o primeiro ano tiveram a certeza de que aquela pequena menina teria uma vida e provavelmente um futuro brilhante.



                                           


Desde criança sua família passou por dificuldades financeiras, mas com a garra de sua mãe passaram por tudo com a cabeça erguida assim como enfrentaram a sua doença. Em um quadro de sonhos foram incentivados a pôr desde muito pequenos aquilo no qual almejavam.

Gabrielle ou Gabby desde pequena apresentava um potencial para a ginastica e sem perceber fazia acrobacias derrubando moveis e quebrando coisas, foi nesse momento onde colocou no quadro de desejos que um dia teria um grande futuro pela frente no esporte. Primeiramente a ginastica era o desejo de sua irmã mais velha, mas o dom foi para a mais jovem das filhas.

                                          


Após investir no esporte desde muito nova ela adquiriu confiança, agilidade, técnica e a ambição veio junto com a vontade de atingir um objetivo maior. Ser treinada pelo Liang Chow o melhor dos treinadores e para isso ela deveria morar em outro estado com uma família hospedeira.


Ao competir em alguns mundiais vieram as medalhas e a vontade de ir em frente, mas sempre a obstáculos em todo o caminho para derrubar até os mais fortes. No caso dela será um dos grandes, a vontade de desistir cairá como uma luva depois de um tempo não muito bom. Mas será mesmo abandonar uma carreira promissora por tão pouco?


                                       


 Depois de batalhar muito e cair algumas vezes ela se tornou uma garota forte e com um potencial enorme. Mas será mesmo que aquela bebe conseguira um lugar no pódio? Essa é uma história verídica de emocionar. Espero que tenham gostado e deixem seu comentário a baixo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.