06 julho, 2016

Resenha Filmes #15: Julieta





Oi gente tudo bom com vocês? Vamos falar sobre Julieta uma mulher de meia idade que aparenta ser bem resolvida e está prestes a se mudar para Portugal com seu namorado, mas ao encontrar uma velha amiga de infância de sua filha Antía, ela repensa seu passado e resolve ficar em Madri e relembra tudo que viveu. Será saldável para ela reviver tudo? E reabri então antigas feridas, então se quiser saber mais. Vem comigo 



Julieta é uma mulher aparentemente muito segura de si e de suas decisões. Ela e seu namorado Lorenzo estavam com tudo pronto para ir morar em Portugal, mas ao encontrar uma velha amiga de sua filha Antía tudo muda. A decisão de viajar é descartada e a viagem muda de rota, dessa vez o destino é o seu passado.




Para ingressar nesse passado e poder escrever uma carta para sua filha contando tudo o que tem passado Julieta retorna ao seu primeiro apartamento em Madri para dar início a história de sua vida.  Ela começa contando como era ser uma professora de Literatura Clássica, depois conta como entrou em um trem e sentou ao lado de um velho totalmente esquisito e logo mudou de ideia e foi para a cafeteria do mesmo onde conhece Xoan.



Xoan e Julieta tem um breve romance no vagão e logo se estende por conta da persistência dos dois de não ficarem distante um do outro, então acabam constituído família e o fruto de seu amor nasce a Antía. A família brevemente terá seus laços rompidos e este é um dos motivos de uma grande tormenta entre mãe e filha.




Muitas crises embalam o relacionamento de mãe e filha o que acaba complicando a situação entre elas. Antía acaba por se afastar, fazendo então Julieta mudar de vida e tentar seguir em frente. Claramente ela guardou esse passado de seu namorado.




Será mesmo Antía capaz de perdoar a mãe? E Loranzo enteder todos os acontecimentos da vida de Julieta? Bom isso são perguntas complexas, então corre pro cinema e se gostou da resenha comenta aqui em baixo.


Pausa Para Crítica


Eiii calma antes de ir ver o filme confere a crítica. Primeiramente achei o filme muito bom, mesmo com seus vários momentos de tragédia da pesada. Porque o protagonista pra sofrer.


Uma coisa que passou voando nesse filme foi o tempo, porque a Julieta uma hora ela está saindo da banheira dez anos mais jovem e ao secar o cabelo aparece mais velha e as pessoas ao seu redor mantem a idade como se nada tivesse acontecido a protagonista. Com isso critico a forma na qual lidaram com a idade e o tempo da história que passou muito rápido pra uns e para outros nem tanto.



No mais o filme é fantástico e os atores são muito bons, mesmo não gostando muito de filme em espanhol.



Essa foi a resenha e crítica sobre o filme, espero que tenham gostado e até os próximos posts. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.