20 junho, 2016

Resenha Filmes #11: O Caseiro





 Oi gente tudo bom com vocês? Antigamente muitos crimes não tinham resoluções esperadas e acabavam ficando por isso mesmo, mas nada retorna por acaso. Esse será o caso que um professor de psicologia sobrenatural, o mesmo escreveu um livro sobre o caso de sua vida, devido a isso uma garota chamada Renata ira procura-lo apresentando um caso. Aparentemente ele considera o mesmo uma mentira, ao chegar a propriedade e avaliar as marcas de pancadas na irmã mais nova da garota vai notar que a história da morte do caseiro da família pode acarretar muito mais. Aparentemente o caseiro quer algo, mas o que? Vem comigo saber mais.



  Davi um cético professor de psicologia após escrever um livro onde contava histórias de aparições e as explicava por meio da psicanalise foi abordado por uma aluna da faculdade, Renata, era o seu nome. Ela buscava por alguém hábito o suficiente para analisar o caso no qual ronda sua família e a propriedade onde vivem.  Ao mostrar as fotos de pancadas e feridas aparecidas sem maiores motivos no corpo de sua irmã mais nova, surge o questionamento do que ou quem poderia está fazendo isso. O pai dela acaba falando um pouco sobre o suicídio do caseiro da família ocorrido a quarenta e cinco anos atrás. 





  Ao chegar na chácara onde a família mora Davi começa a avaliar além das feridas da menina o que mais podia está atraindo o caseiro a fazer mal as pessoas na qual serviu a tanto tempo.  Percebendo o medo e o cuidado deles de não sair no escuro para o jardim e nunca entrar na casa pertencente ao funcionário.





  Ao sair à noite para ampliar seus horizontes sobre a velha casa e a menina acaba se deparando com ela sentada em um quarto qualquer da mesma. A garotinha diz que o caseiro permitiu a entrada dela e estando ali era mais seguro. Mas seguro? Ai surge o questionamento de qual seria o perigo.



  O professor, tal protagonista de seu livro descobre o verdadeiro problema do caso que ronda aquelas pessoas. Tudo começou quando bolou se uma emboscada para encerrar e se explicar o caso. Ele nota uma menina não pertencente ao meio fraterno daquelas pessoas, essa menina quem seria? Só ele via? Quem mais poderia ver?


  Muita coisa a se perguntar, mas será mesmo o caseiro vilão desta história, cheia de mortes e conflitos familiares? Isso só poderá descobrir se for ver esse filme nos cinemas não é mesmo. Se gostou deixe seu comentário aqui em baixo.


Pausa Para A Crítica

  Eiiii espera a crítica para correr e  o filme....


  O filme O Caseiro aparentemente quando se olha o cartaz podemos notar uma pegada de horror/ terror, mas não achamos o terror no mesmo. Considero muito mais um horror/ terror. Podia claro ter algumas cenas de medo, mas não coube a linearidade da história por esse tipo de cena.



 Notamos na linearidade da história uma produção onde visam explicar um caso sobrenatural, na explicação do mesmo podemos ver o uso das várias projeções de fantasma. Não tendo a presença do medo podemos acompanhar com mais naturalidade a história do caso abordado na trama.


  Os pontos nos quais pecaram no filme foram o não uso de susto, pois mesmo explicando uma história de horror se pode colocar algumas cenas desse tipo para instigar mais o telespectador, outra coisa foram alguns furos na linearidade e cenas cortadas pode se perceber claramente porque ficaram alguns buracos na trama.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.