25 abril, 2016

Texto: Comparação Guerra Civil Quadrinho X Livro





  Oi gente tudo bom com vocês? Aviso de antemão que estão entrando em terreno perigoso, pois guerra civil o filme está chegando e vim fazer uma comparação sobre o quadrinho e o livro. Sendo uma amante de Guerra Civil pelo contato com tais obras serei bem suspeita para falar, mas mantendo uma imparcialidade entre as obras vem comigo saber mais sobre o que acho da retratação da história do quadrinho pro livro e vice e versa.



  Ao falarmos da mesma história duas vezes em resenhas aqui no blog neste post iremos compara-las de certa forma que consigamos estabelecer sutis diferença e nos aproximarmos do filme.


 Quando estabelecemos uma ponte entre as duas obras podemos perceber que no quadrinhos alguns fatos ficam muito objetivos e sem muitas explicações, como o desastre de Stanford onde eles falam muito por alto no quadrinhos, já no livro a gente tem muitas explicações e consegue absorver o ocorrido com mais flexibilidade.



  Na formação dos team Homem De Ferro e Capitão América podemos notar nos dois a riqueza de detalhes tanto do quadrinho quanto do livro, mas nesse quesito o quadrinho ainda sai disparado pela riqueza dos desenhos onde podemos perceber a reação de cada personagem com tal divisão de grupos.

                                


    Alguns podem descordar agora, mas o livro se remete muito mais ao conteúdo do filme, pois ele possui algumas mudanças sutis porque remetem bem mais pro filme. Já o quadrinho capta bem as raízes da obra guerra civil de uma forma mais apropriada das ideias.



                       


    Quanto as batalhas vão concordar que nos quadrinhos se tem uma dimensão melhor por conta dos desenhos, já que nos livros se tona confuso de distinguir quem está do lado de quem na hora do vamos ver. Os grupos só vão ter uma visão clara na guerra do meio pro final onde cada um já decidiu qual bandeira vai levantar e quais ideais acreditam.
O final da história nos quadrinhos é muito fechada, já nos livros temos alguns epílogos onde mostram a situação de alguns personagens, após o final da guerra dando um ar de continuidade ou uma resolução para os casos mal resolvidos de alguns personagens.




 Tendo finais diferentes as duas obras contam a mesma história, sendo retratadas do mesmo jeito, mas possuindo suas peculiaridades comportando a história. Então espero que tenham gostado do post, por enquanto é isso, até próximo texto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.