17 fevereiro, 2016

Top 5: Motivos Para Ler Irmandade Da Adaga Negra





Olá gente tudo bom com vocês? No top 5 de hoje irei dar cinco bons motivos para ler irmandade da adaga negra desde o estilo de vampiros que tratam no livro a história. Sei que muitos conhecem os motivos descritos a baixo, mas para quem nunca leu e quer começar espero que eles os convenção a começar, vem comigo.   


1-Vampiros

Os vampiros da saga são muito diferentes de qualquer um desses que já foram mostrados nos seriados porque além de muito rústicos e sedutores eles seguem uma linha de amor a luta e valor as tradições na qual nasceram e foram criados. Além dos valores que eles possuem e da ligação de uma grande família.



O que marca mais nesses vampiros além da inteligência, cumplicidade, familiaridade é o porte físico. Quando eles são vampiros pré- transição em torno dos seus vinte anos eles são como humanos normais muitas vezes fracos e impotentes, mas depois de passar pela transição que diga se de passagem é muito intensa eles viram vampiros colossais atingindo altura, músculos proeminentes e uma força descomunal.



As vampiras da saga são muito empenhadas naquilo que fazem porque além de se preparem para um futuro marido elas treinam para gerir um reino no caso da mulher do rei a Beth, são medicas, enfermeiras, lutadoras e entre outras funções que são muito importantes na irmandade.



Elas também são uma figura muito respeitada por seus maridos e companheiros, pois muitas vezes o que se refere ao bem do seu amado vira ordem quando colados em suas bocas. Além de muito respeitadas elas são atrevidas, resmungonas e lutam por seus direitos dentro da casa e pela igualdade como Xherx que sendo uma Sympatho e muito boa lutadora se coloco no lugar que deveria na irmandade sendo a primeira a se jogar na luta junto com os homens.



2- Guerra



A guerra na saga vai muito além das diferenças e ódio pela raça oposta. O negócio é de família porque a Virgem escriba a criadora dos vampiros e Omega o criador da sociedade redutora são irmãos e inimigos mortais e essa história de ódio passou para os procriados das duas raças que são os vampiros e redutores.



A luta entre essas duas raças é regada a muito sangue e barulhada de armas, mas os dois lados carregam armas secretas que deixam a luta muito mais emocionante. Eles apelam também como a sociedade que raptou Bella a esposa do irmão Z. e roubou um dos vampiros iniciantes que foi descoberto ser filho do Omega.


Muita confusão e desentendimento pra pouco espaço na cidade de Caldwell e mesmo assim eles conseguem manter o clima de guerra acesso para tantos livros que regam a saga mais sangrenta e cheia de faíscas dos vampiros em terras norte americanas.



3- Romance



Em tema de romance eles tem na medida, porque além de muita guerra o amor reina nos pequenos momentos e nas pequenas proibições do rei que acabam tirando os casais do sério e acendendo a chama do romance.



Para cada casal sua dose de romance e muitas cenas de amor tanto dentro do quarto como fora desbravando a noite nas ruas da cidade.


O mais bonito do nessa parte da saga é que eles se amam mais também pegam suas brigas que reacendem a chama. Mas nem todos gostam daquela mulher bonita não, pois de melhores amigos Quinn e Blay desenvolveram um romance secreto que aos poucos vai pondo a resistência deles a prova. O que não falta é fogo e paixão pra embalar esses casais sejam eles como forem.



4- História



A história tem muito da parte antiga onde os vampiros são recatados e seguem aquela coisa que eles foram impostos desde que nasceram, mas também tem muito das atualidades que estamos costumados a ver e é nessa dualidade que nos deparamos com uns vampiros clássicos e atuais ao mesmo tempo que cambem em qualquer tempo e espaço.



A atualidade está muito presente porque eles trazem coisas como a bissexualidade e a homossexualidade de uma forma que as pessoas gostam de ler e tentar entender e acabam se encantando que é o caso do Quinn e Blay mais uma vez.


5- Temática



A temática do livro segue uma base antiga e cheia dos costumes focalizando num tipo de vampiro que se aproxima muito da originalidade deles nada comparado com os vampiros mostrados no cinema, seriados e demais livros.



Os livros seguem um modelo diferente cada um fala de um irmão diferente mais continuam seguindo a mesma temática e dando continuidade a história sem deixar a desejar no jeito que dão seguimento a história.



Esses cinco tópicos englobam os motivos de gostar e se interessar pela saga Irmandade Da Adaga Negra. Espero que tenham gostado e se interessado, deixem seu comentário abaixo e até o próximo post. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.