04 janeiro, 2016

Resenha Quadrinhos #16: Hulk Danação Eterna





Oi gente tudo bom come vocês? Para a resenha de hoje vamos falar do Hulk vermelho tentando achar um homem chamado Sutão Magus que controla uma rede de funcionamento de armas muito grande na Arábia e possui uma cidade nômade chamada de Sharzhad. O hulk entrará nessa história para combater os planos desse cara. Na outra parte da revista ele enfrentará uma cientista que virou um vírus tecnomórfico e com seu exército muito estranho começou a atacar pessoas pelo mundo. Será que o Hulk Vermelho da conta dessa confusão toda?




Informações Gerais




Roteirista: Jeff Parker



Volumes: 44 a 48



Páginas: 172






Resenha:




Hulk Da Arábia *



Depois de se tornar o Hulk Vermelho o agente Thaddeus Ross tenta insensatamente destruir o Bruce Bane (vulgo Hulk), mas não conseguindo atingir seu objetivo e arrumando uma forma de se redimir ele vai ajudar a salvar vidas ao comando do Capitão América.



Ao saber que um antigo companheiro de batalha está fornecendo armas e mantimentos para grupos no oriente médio o agente Ross vai atrás de informações e formas de destruir esses grupos separatistas, usando da força hulk ele vai tentar combate-los.  No momento que ele usa de mais de sua força e acaba passando dos limites os vingadores secretos entram em ação, eles são Viúva Negra, Valquiria e a Máquina de Combate, fazendo de tudo para conte-lo. Quando a luta já está de mais surge mais uma pessoa o Cavaleiro Das Arábias ou defensor das terras que a pedido do Capitão América vai ajudar no que for preciso para acharem a fonte dos problemas no oriente médio.







No submarino vão descobrir que o fornecedor das armas e dinheiro se chama Dagan Shan que lidera uma região nômade entre a Líbia e o Egito e ambas não reconhecem o direito de tal região existir.  Para achar e combater essa formação desconhecida pelas nações o Hulk e o Homem Máquina vão sair juntos em busca de achar alguma coisa no meio do deserto.



As coisas não ficaram tão fáceis para os dois no momento em que encontram uma manticora no meio do deserto lutar até acabar com ela. Ao ser mordido pelo o animal Ross perde sua força de hulk e terá que ir saquear um caro e roupas de pessoas mortas no meio do deserto para continuar a busca pela tal cidade.




Após andar um pouco e bater contra um campo no meio do deserto eles subentendem que acharam o que procuravam, ao encontrar o Cavalheiro das Arábias próximo a o portão da cidade eles tentaram entrar na cidade, ao entrarem farão de tudo para ter contato com o Sultão Magnus ou Dagan Shan o comandante da cidade de Sharzhard. Depois de uma briga básica contra a cavalaria do Sultão o Hulk e o máquina entraram no subsolo da cidade buscando pela fonte da produção das ogivas e mais briga vai rolar. Mas será que eles vão conseguir o que querem ou saíram abanando da cidade?



* Céu Vermelho Pela Manhã *



Com a chegada da Mulher Hulk Vermelha ou Betty Ross chega a base de comando ameaçando quem fosse que tivesse na frente tudo isso porque procurava seu pai a todo custo. Com a chegada do Hulk a mulher Hulk se manifesta e começa o jogo de agressões sem fim.




Depois de toda a briga a Hulk foge e começa a missão para deter a cientista que virou um vírus tecnomórfico. Após receber todas as informações necessárias sobre a cientista Ross vai com seu grupo buscar ataca a fonte do problema.



Durante a viagem a mulher Hulk aparece e fica escondida no navio e a única pessoa que sabe que ela está lá é a assistente de seu pai. O Homem Máquina enquanto isso sobrevoa o local onde fica o laboratório da Zero/Um. Ao serem detectado a guerra começa meio em desvantagem, Hulk e Máquina contra um exército muito esquisito. No momento em que notam que estão em desvantagem e sem forças a mulher Hulk aparece para fechar a luta com chave de ouro. Mas será que o Ross realizara seu desejo de ver a sua filha e não a mulher Hulk?




Além desta briga com a Zero/Um eles serão convocados a uma ilha que esconde um povo antigo e lá eles iram defender uma vila contra um mostro estranho e vão acabar envolvendo esse povo de outra época e nada simpático, mas isso é apenas um pedaço da próxima revista.



Essa foi a resenha de hoje meio grande confesso, mas temos ai duas histórias separadas e bem grandes, mas espero que tenham gostado da resenha e deixe seu comentário.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.