23 fevereiro, 2015

Sonhando Com Uma Vida Em Hogwarts



Ei querido leitor já sonhou como seria sua vida em Hogwarts? Legal porque neste post irei contar como pensei minha vida nas escola mais falada de todos os livros da J.K Rowling. Vem saber como pensei a minha vida.





Olá gente nesse texto de hoje tentarei resumi para vocês como imaginaria minha vida na Escola de Magia E Bruxaria de Hogwarts, sei que todo fã de Harry Potter já sonhou toda a sua experiência no lugar mais perfeito de todas as sagas de bruxos já publicadas.



Minha vida em Hogwarts começa claro com a minha família e como toda bruxa que se prese tem sangue puro sendo rico ou humilde, mas em base tenho sangue puro e em segundo já começo com todas as características de uma boa Sonserina sem nem mesmo ter consciência disso.




Dez anos depois chega o melhor dia para um bruxo mesmo que já tenha andado com seus pais o Beco Diagonal inteiro quando vai para comprar seus materiais para ir para a escola depois de ter visto todos seus primos terem feito o mesmo pode se dar ao luxo de se sentir feliz.



Depois de comprar tudo para o começo das aulas quem não esta animada (o) pra entrar no trem mais comentado por seus parentes que um dia já passaram pela escola, então quando se entra nele é apenas um trem porque o interessante está na escola. Horas depois da longa viagem finalmente ele para e finalmente Hogwarts.



Pergunta que não quer calar, Qual casa escolher? Das quatro casas na opinião do chapéu (se ele fosse real) seria Sonserina com toda certeza. Para um primeiro ano na escola seria o tempo de conhecer pessoas novas, dedicar às matérias e tirar notas boas na matéria do professor de poções.



Ser melhor aluno no seu primeiro ano não te impede de explorar então no meu caso exploraria a seção proibida para desfrutar dos livros incríveis que devem ter por lá. ( Na real eu faria isso mesmo, não gosto de tuneis e coisas difíceis e que requeiram que tenha que andar de mais então só arrombar a seção proibida está de bom tamanho.



No segundo ano seria um ano de mais estudo e depois de ter levado suspensões no primeiro por invadir a seção proibida ficaria esse ano um pouco mais reclusa dos problemas. Tomaria apenas conta dos livros e das inscrições do quadribol.







Só que esportes não são coisas que goste muito então acho que estudar poções nos tempos livres ou explorar os tuneis da escola seria ate mais interessante que voar atrás de uma bola.



Para um terceiro ano continuaria a mesma coisa, estudar e estudar, nada muda de um ano para o outro. Pensando bem as escadas mudam todos os anos ( piada kkk). Mas ido para o que importa neste ano a coisa um pouco mais importante seria pensar no que fazer nas madrugadas que o sono não chegar.



Estudar e vagar pelos corredores a noite e conversar com a Murta podem se tornar coisas interessantes a se tentar quando não se tem nada para fazer ou quando não quer conversar com seus amigos.



Dedicar-se as matérias são legais, mas voar nas aulas de criaturas magicas pode ser muito mais divertido vai que subo em um hipogrifo ou em um testrálio. Nunca se sabe o que te espera numa aula.



Para um quarto ano pensar no vestido ideal para o baile de inverno e torcer para ser chamada por algum garoto, mas também se não for que se importa logo algum loiro do olho azul da Corvinal pode se interessar por mim.



Enfim depois de muitas semanas estudando o baile chega e sim aquele Corvino do sexto ano super gato  me chamou pro baile, que chique.







Quinto ano o que temos de novidade além de ser uma Sonserina namorando um Corvino do ultimo ano e ainda ter mais dois pela frente, quem liga estudar e conhecer coisas novas nas mesmas matérias.



Aprimorar o conceito de feitiços e poções já que são as mais importantes para a minha futura profissão quem sabe. Mas antes temos que fazer as NOMS se não nada de ano seguinte pra mim.



Sexto ano já da pra ver a liberdade no fim do túnel depois de algumas NOMS de fim de ano. Neste ano estudar não é só o bastante, estado no ultimo ano resolvi entrar nos tuneis proibidos, ate visitei aquela Casa Dos Gritos no intervalo da aula de Herbologia com a de Artes Das Trevas.



Enfim no sexto ano a taças das casa foi da Sonserina pelo terceiro ano seguido e eu a melhor aluna da casa e a que rendeu mais pontos, coitado dos Griffinos.



Sétimo ano, enfim poderei me formar e trabalhar no ministério, mas o que eu queria mesmo era trabalhar para o Lord das Trevas pena que ele não exite mais e todos os comensais estão mortos ou presos, mas não me custou sonhar.



Estudar esse ultimo ano sim, mas resolvi roubar algumas poções do professor e criar um arsenal e pesquisas, no ultimo ano quem quer ser o certinho, apenas o destaque de formando esta bom. 






Ultimas provas da vida e liberdade, ah quem disse que joguei meu chapéu pro alto dentro tinha algumas bombinhas de efeito pense na bagunça, ops o ano acabou hora de ser livre e trabalhar.  Ah lembrando que casei com o corvino, quem liga, te breve!


Bom gente espero que tenham gostado desse texto bem descontraído do que eu penso que poderia ser minha vida em Hogwarts foi bem resumido sim, mas fiz algo bem divertido pra não fica monótono. Te o próximo texto.


           Por: Renata  Vasconcelos

2 comentários:

  1. Super amei o texto me senti lá rsrs
    Beijinhos e sucesso seguindo :*
    http://www.vamospapear.com

    ResponderExcluir

imagem-logo
© Do meu mundo ao seu mundo - 2016. Todos os direitos reservados.
Design por: Rachel Domingos - Apê Design.